© 2003-2012 Fábio Lucas Pierini

 

VOLTAR

 

Lição 1 – A Pronúncia

 

Som

 

Exemplos

 

i

®  il (ele), vie (vida), lyre (lira)

ê

® blé (trigo), jouer (jogar), chez (em – na casa de)

é

® lait (leite), jouet (brinquedo), merci (obrigado), fête (festa)

a

® plat (chato), patte (pata)

a

® bas (baixo), pâte (massa)

ó

® mort (morte), donner (dar)

ô

® mot (palavra), dôme (domo), eau (água), gauche (esquerdo), rose (rosa)

u

® genou (joelho), roue (roda)

i+u

® rue (rua), vêtu (“estar” vestido)

o+e

® peu (pouco), deux (dois)

o

® peur (medo), meuble (móvel)

½ e

® le (o), premier (primeiro)

én

® matin (manhã), plein (cheio), main (mão)

ã

® sans (sem), vent (vento)

õ

® bon (bom), ombre (sombra)

o+én

® lundi (segunda-feira), brin (talo), parfum (perfume)

½ i

® yeux (olhos – sing. olho = œil), paille (palha), pied (pé)

½ u

® oui (sim), nouer (atar) , joua (jogou), joie (alegria)

½ i+u

® huile (óleo), lui (ele, lhe)

p

® père (pai), soupe (sopa)

t

® terre (terra), vite (depressa)

k

® cou (pescoço), qui (quem, que), sac (bolsa), képi (quepe)

b

® bon (bom), robe (vestido – peça de roupa)

d

® dans (em –  dentro), aide (ajuda)

g

® gare (estação), bague (anel)

f

® feu (fogo, semáforo), neuf (nove), photo (foto)

s

® sale (sujo), celui (este), ça (isso), dessous (acima), tasse (xícara), nation (nação)

ch

® chat (gato), tache (mancha), schéma (esquema), short (calção)

v

® vous (vós, vocês, o senhor, a senhora), rêve (sonho)

j

® je (eu), gilet (colete), geôle (prisão)

l

® lent (lento), sol (solo), aller (ir)

r

® rue (rua), venir (vir)

m

® main (mão), flamme (chama)

n

® nous (nós), tonne (tonelada), animal (animal)

nh

® agneau (cordeiro), vigne (vinha)

h (mudo)

® homme (homem), herbe (grama) – fazem elisão

h (aspirado)

® héros (herói), haricot (feijão) – não fazem elisão

                                                                                  

Observações:

 

1. Os “e” sem acento ou que não sejam sucedidos por uma consoante (menos “s”) são mudos, ou seja, não são pronunciados. É o caso de palavras como eau ou roue. O acento agudo (´) dá ao “e” o som “ê”, como em blé; os acentos grave (`) e o circunflexo (^) dão ao “e” o som de “é”, como em père e fête.

 

2. As vogais arredondadas (vulgos “bicos”) são a fusão de duas vogais: uma para os lábios e outra para a garganta. É o caso de rue (“u” para os lábios, “i” para a garganta); peu (“o” para os lábios e “ê” para a garganta); e peur ou cœur (“o” para os lábios e “é” para a garganta).

 

3. Os ditongos são combinações de duas vogais para representar um só som. É o caso de lait (ai ® é ou ê), joie (oi ® ), roue (ou ® u), gauche (au ® ô), meuble/deux (eu ® o+é/o+ê).

 

4. Os “h” em francês são divididos em mudos e aspirados. Nenhum deles soa, mas entre eles há uma diferença: o mudo se comporta como uma vogal, possibilitando a elisão com um artigo: l’homme, l’herbe; o aspirado se comporta como uma consoante, impossibilitando essa elisão: le héros, le haricot. A única forma de saber se um “h” é aspirado ou mudo é procurando no dicionário. As palavras começadas por “h” aspirado são marcadas por um asterisco (*); caso não haja asterisco, deve-se observar a transcrição fonética: uma palavra começada por “h” aspirado começa transcrita por um apóstrofo (’).

 

 

 

VOLTAR